Niterói Presente será ampliado para São Francisco, Charitas e Jurujuba Imprimir

14/08/2019 – O prefeito Rodrigo Neves e o governador Wilson Witzel assinaram, nesta quarta-feira (14), três termos de cooperação técnica nas áreas de Segurança, Saúde e Desenvolvimento Econômico. Um dos acordos marca o início do Programa Segurança Presente Niterói, uma ampliação do Niterói Presente que chegará aos bairros de São Francisco, Charitas e Jurujuba. O estado também fez a cessão para a Prefeitura do galpão vizinho ao Mercado Municipal Feliciano Sodré, no Centro da cidade, para expansão do empreendimento, e a cessão da maternidade Alzira Reis, em Charitas, que será reformada pelo município. O encontro aconteceu no Solar do Jambeiro, no Ingá, Zona Sul Niterói.



“O governador entendeu a importância de um acordo que atendesse a esses três projetos tão importantes para a cidade”, observou o prefeito Rodrigo Neves. “A prefeitura já ajuda o estado no combate à criminalidade, sendo responsável por dois terços do policiamento que está nas ruas de Niterói, incluindo o Proeis e o Niterói Presente. Com a ampliação do programa para outros bairros, deixamos a Polícia livre para atuar em outras regiões. A cessão da maternidade é essencial para a reforma da unidade. Vou dar o início imediato das obras. Será uma maternidade que não deixará nada a dever para qualquer maternidade privada. E, ao recebermos o galpão vizinho ao Mercado Municipal, poderemos potencializar o local, gerando emprego e renda para cidade num momento tão difícil do país. O governador pensou no bem comum. Demos um grande passo”.

A previsão é que o Programa Segurança Presente passe a operar nesses novos bairros até o início de setembro. Serão cerca de 30 agentes trabalhando por turno, funcionando no mesmo esquema operacional do restante dos bairros atendidos, como Centro, Icarai, Santa Rosa e Fonseca. 

As obras do Mercado Municipal estão em andamento. As intervenções no galpão começam nos próximos meses. Na área onde está hoje localizado o galpão, serão construídos a fazenda urbana, o Bier Garden e o estacionamento.

Witzel disse que pretende ampliar a parceria com a cidade, inclusive com a transferência provisória do gabinete para poder despachar em Niterói. 

“O Segurança Presente vai ajudar muito no trabalho junto à população de rua e ao comércio, para que a população possa continuar frequentando bares e restaurantes. Estamos nos empenhando na reconstrução de todos os municípios do estado. Sabemos da importância destes termos de cooperação que atende a três áreas tão importantes”, salientou o governador Wilson Witzel. O governador ainda ressaltou que terá programas de incentivo ao turismo.


Programa Segurança Presente – O Niterói Presente, atualmente, conta com um efetivo fixo de 400 homens entre policiais, alguns já reformados, e agentes civis contratados pela Prefeitura, até agora, única responsável financeira no custeio do programa, cujos investimentos chegam à casa dos R$ 25 milhões. Hoje, são atendidos os bairros do Centro, Icaraí, Santa Rosa e Fonseca, sendo que, com a participação do Estado, o policiamento será estendido para os bairros de São Francisco, Charitas e Jurujuba, na Zona Sul da cidade. Com esse programa específico, o efetivo do 12º BPM é liberado para atuar em outras regiões da cidade. Desde dezembro de 2017, quando da implantação do Programa Niterói Presente, já foram efetuadas mais de 700 prisões nas mais variadas ocorrências.

Mercado Municipal – A revitalização do Mercado Municipal Feliciano Sodré, transformará o antigo prédio, com traços de art decó e da arquitetura neoclássica, em um polo de gastronomia e lazer. A reforma e modernização do local, mantendo seus aspectos originais, tem previsão de conclusão da primeira parte das obras e abertura do mercado para o segundo semestre de 2020. A Prefeitura e o consórcio Novo Mercado Municipal, vencedor de licitação, firmaram uma Parceria Público Privada (PPP) para a reforma e gestão do espaço por 25 anos, num investimento de R$ 69 milhões ao longo de três anos, sendo R$ 30 milhões na reforma do prédio. A previsão é de que o novo mercado crie cerca de três mil novos empregos na cidade.

O térreo do mercado será um espaço para comercialização de frutas, incluindo espécies raras e de cultivo orgânico, verduras, legumes, produtos tradicionais da região, açougue, empórios especiais, produtos gourmet, queijos, laticínios e especiarias. No mezanino ficarão o restaurante, cervejarias artesanais e adega. Na segunda fase, serão construídas uma praça, centro cultural e edifício garagem com 300 vagas. Todo o local contará com equipamentos sustentáveis, como o uso da luz natural, reaproveitamento de água de chuva e telhado verde.


Maternidade – A Prefeitura de Niterói também fará obras de reforma e ampliação da Maternidade Municipal Alzira Reis, em Charitas, que funciona num prédio com cerca de 60 anos de construção. A nova maternidade contará com uma das estruturas mais modernas do Estado do Rio de Janeiro, numa área de 3.715 m². As obras devem ter início ainda neste semestre e os atendimentos não serão interrompidos no período. Esse projeto contará com investimento do Município de mais de R$ 15 milhões, para a melhoria da infraestrutura, atendendo com mais qualidade as mães e bebês que passam pela unidade, que é especializada em parto normal humanizado. A nova unidade contará com duas salas de parto, leitos de recuperação pós-anestésica e toda a estrutura de apoio a esses procedimentos. Na ala de internação, quatro unidades serão planejadas para a realização das atividades de pré-parto, parto e pós-parto no mesmo ambiente além de um quarto especial para pacientes que apresentem quadro de intercorrências com indicação de atenção especial.

Ainda na nova Maternidade Alzira Reis será implantada uma Unidade de Cuidados Intermediários para recém-nascidos, com seis berços em ambiente equipado e planejado. O projeto também contempla atenção aos ambientes de acolhimento, com salas específicas para os exames de ultrassonografia, ecocardiograma e análises clínicas; leitos de observação para avaliação da indicação de internação; e ambientes planejados para acompanhantes e atividades de apoio ao aleitamento. O prédio passará pelo redimensionamento de instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, inclusão de sistemas de ar condicionado em toda a edificação, atendimento por grupo-gerador no fornecimento de energia, sistema de controle por câmeras de segurança e implantação de rede de lógica integrando todos os serviços por meio de sistema de informação.